CORITIBA FOOT BALL CLUB

160x600 Escudo Errado Não
Elenco - Fabiano

19/06/2019 15:26:00 ( atualizada em 20/06/2019 11:38:51 )

Padre, coxa-branca e campeão do mundo

Padre, coxa-branca e campeão do mundo
Seu Nome:
Seu Email:
Mensagem:
Marque a opção abaixo

Nesta semana de feriado de Corpus Christi, conheça a história do padre que é coxa-branca e foi campeão do mundo pela Clericus Cup, em Roma

Já que é nesta semana o feriado de Corpus Christ, a TV Coxa convidou o padre Luiz Fernando para participar de uma entrevista. Além de ser coxa-branca, ele, que também é conhecido como padre “Toni Kroos”, pela semelhança ao jogador alemão, inventou um método de sucesso de evangelização e também foi campeão do mundo com a camisa brasileira, na Clericus Cup, em Roma.

A competição acontece desde 2007, quando o papa da igreja católica era Bento XVI. É como se fosse uma Copa do Mundo, porém, disputada por padres de vários países, que estudam em colégios pontifícios de Roma. “Eu fui pra lá para terminar os meus estudos e comecei a jogar. Na primeira vez, a gente ficou em terceiro lugar, na segunda, a gente não conseguiu passar de fase porque eram muitos times, e em 2016, nós ganhamos. Eram todos padres brasileiros, praticamente uma seleção brasileira. Eu era o camisa 11 e posso dizer que fui campeão do mundo dos padres”, comemora.

Neste ano, ele já era conhecido entre os religiosos pela invenção do método de evangelização “Desafie o Padre”. “Foi uma iniciativa que nós tivemos em 2013, quando teve a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro. Eu pensei: como vamos interagir com jovens do mundo inteiro? Foi aí que surgiu a ideia”, explica. Basicamente, o desafio consiste em um futevôlei em que o prêmio do vencedor é rezar pelo companheiro que não conseguir vencer. “E o mais engraçado é que a gente faz as embaixadinhas e todo mundo fica: ual! Então, a gente quer ganhar, não pra dizer que somos melhores, mas para evangelizar”, conta ele que já foi entrevistado por emissoras de TV sobre o método.

Coxa-branca desde quando criança, o padre “Toni Kross” já foi até Mascotinho do Coritiba. “Muitas vezes entrei com os jogadores em campo quando era pequeno e venho em todos os jogos que sejam possíveis aqui no Couto. O Coxa é uma paixão que nós levamos no coração. Sou torcedor do Coxa desde pequeno, rezo para que o time esteja bem, conheço alguns jogadores, e estamos a disposição para o que o Coritiba precisar de nós”, terminou.

Feriado de Corpus Christi

Como dia 20 de junho é considerado feriado de Corpus Christi, o padre Luiz Fernando aproveitou para explicar sobre sua fé: “O Corpus Christi é o mistério mais profundo da fé católica, que é o corpo de Jesus. É também uma maneira de evangelização, pois nós vamos sair em procissão, desde a Catedral até o Centro Cívico, na quinta-feira, depois da missa com o arcebispo, e vamos testemunhar o nosso amor a Jesus, o nosso Deus”, destaca.